Direcção científica

Prof. Doutor Carlos César Lima da Silva Motta

Director da FCHS
Prof. Doutor Carlos César Lima da Silva Motta

Prof.ª Doutora Tânia Gaspar Sintra dos Santos

Directora do IPCE
Prof.ª Doutora Tânia Gaspar Sintra dos Santos

Apresentação

O Mestrado de Psicologia do Trabalho e das Organizações da Universidade Lusíada de Lisboa, pretende habilitar o Mestre com os conhecimentos e as competências a nível da estratégia,diagnóstico,e intervenção-ação, necessárias para iniciarem a sua actividade de em contexto organizacional. Neste sentido, os formandos são convidados a explorar uma vasta gama de material bibliográfico, com especial enfâse para o estado da arte da investigação em Psicologia das Organizações, e a estabelecer contacto com Psicólogos em  várias áreas de intervenção em Psicologia do Trabalho e das Organizações. Promove a colaboração em a Universidade e as empresas, articulando os aspectos científicos e práticos da componente académica, com a acção pragmática e inovadora exigidas pela realidade laboral. Privilegia a integração das competências dos Psicólogos do Trabalho e das Organizações nas diversas áreas e grupos de intervenção, nomeadamente no âmbito da Gestão das Pessoas de Pessoas e do Capital Humanos nas organizações.

Em geral, podemos considerar que aos profissionais desta área são solicitadas tarefas que exigem a capacidade para:

  • Efectuar avaliação psicológica em contexto organizacional, nomeadamente em Recrutamento e Selecção de Pessoal;
  • Efectuar diagnóstico organizacional, sugerir e implementar medidas correctivas para as disfunções encontradas;
  • Diagnosticar as necessidades de formação, criar e desenvolver planos de formação, implementá-los e proceder à sua validação;
  • Desenvolver e implementar estratégias de forma a gerir as motivações  dos trabalhadores tendo em vista potenciar a sua satisfação profissional;
  • Ajudar a resolver conflitos potenciando a utilização das técnicas de negociação;
  • Participar activamente em equipas multidisciplinares por forma a   ajudar a gerir a mudança no contexto organizacional na turbulência que as organizações actualmente vivenciam;
  • Participar e/ou envolver-se em consultadoria no desenvolvimento de programas de intervenção relacionados com a sua área de especialidade;
  • Participar em programas de investigação, aplicada e fundamental, relacionados com a sua área de investigação.

Regulamentação específica

Despacho n.º 10279/2009, DR n.º 75, Série II, de 2009-04-17 - Registo do curso de mestrado em Psicologia do Trabalho e das Organizações ministrado pela Universidade Lusíada de Lisboa ao 2.º ciclo de estudos conducentes ao grau de mestre em Psicologia do Trabalho e das Organizações.

Objectivos

O Mestrado de Psicologia do Trabalho e das Organizações pretende atingir os seguintes objectivos:

  • Aquisição de conhecimentos científicos aprofundados e actualizados sobre processos psicológicos subjacente aos comportamentos individuais e coletivos em contexto organizacional;
  • Treino de competências de avaliação, análise e intervenção nas organizações de modo a prevenir e reduzir situações de risco, de desequilíbrio psicológico, de bem-estar ou outras conducentes ao baixo desempenho individual e organizacional e qualidade de vida nas organizações;
  • Avaliação psicológica em contexto organizacional, nomeadament em recrutamento e selecção de pessoal;
  • Treino de diferentes metodologias de investigação-acção aplicadas ao contexto organizacional;
  • Treino e desenvolvimento de competências pessoais e interpessoais que garantam o exercício profissional fundado em sólidos princípios científicos e éticos;
  • Conhecimento das ferramentas e técnicas de diagnóstico/intervenção ao nível estratégico e operacional.

Plano de estudos

1.º Ano
Unidade curricular Área científica Tipo Tempo de trabalho (horas) ECTS Obs.
Total Contacto
Estatística multivariada
Prof. Doutor Joaquim José Vieira Pinto Coelho
Metodologias de investigação Semestral 160 15 (T) + 10 (PL) 6  
Métodos de investigação
Prof.ª Doutora Eng.ª Maria Manuela Martins Saraiva Sarmento Coelho
Metodologias de investigação Semestral 160 15 (T) + 10 (PL) 6  
Psicossociologia do trabalho e das organizações
Prof. Doutor Carlos José Bernardo da Silva Barracho
Psicologia das organizações Semestral 160 15 (T) + 10 (PL) 6  
Diagnóstico e intervenção organizacional
Prof. Doutor João José da Silva Pissarra
Metodologias de investigação Semestral 160 15 (T) + 10 (PL) 6  
Opção I -  Tópicos avançados de comportamento organizacional
Prof.ª Doutora Maria Manuela Marques Faia Correia
Psicologias aplicadas Semestral 160 15 (T) + 10 (PL) 6  A ser fixada anualmente pelo orgão superior competente.
Direito do trabalho e das organizações
Prof.ª Doutora Maria do Rosário Palma Ramalho
Ciências sociais Semestral 160 15 (T) + 10 (PL) 6  
Ergonomia e engenharia dos factores humanos
Prof.ª Doutora Arqt.ª Cristina Maria dos Santos Nunes Pires Caramelo Gomes
Psicologia do trabalho Semestral 160 15 (T) + 10 (PL) 6  
Gestão estratégica e mudança organizacional
Prof.ª Doutora Maria Manuela Marques Faia Correia
Ciências empresariais Semestral 160 15 (T) + 10 (PL) 6  
Liderança e gestão do grupo de trabalho
Prof. Doutor António José Palma Esteves Rosinha
Psicologias aplicadas Semestral 160 15 (T) + 10 (PL) 6  
Opção II - Técnicas de avaliação e validação da formação
Prof. Doutor Mário Caldeira Dias
Psicologias aplicadas Semestral 160 15 (T) + 10 (PL) 6  A ser fixada anualmente pelo orgão superior competente.
 
Total: 1600   60  

 

2.º Ano
Unidade curricular Área científica Tipo Tempo de trabalho (horas) ECTS Obs.
Total Contacto
Estágio e relatório final - Trabalho de projecto - Dissertação
Prof. Doutor José António Baião Carochinho
Psicologias aplicadas Anual 1600  30 (OT) 60  
 
Total: 1600   60  

Destinatários

De acordo com o ponto 1, do artigo 17.º, do Decreto-Lei n.º 74/2006, podem candidatar-se ao mestrado:
 

  • Titulares do grau de licenciado ou equivalente legal;
  • Titulares de um grau académico superior estrangeiro conferido na sequência de um 1.º ciclo de estudos organizado de acordo com os princípios do Processo de Bolonha por um Estado aderente a este Processo;
  • Titulares de um grau académico superior estrangeiro que seja reconhecido como satisfazendo os objectivos do grau de licenciado pelo órgão científico estatutariamente competente do estabelecimento de ensino superior onde pretendem ser admitidos;
  • Detentores de um currículo escolar, científico ou profissional, que seja reconhecido como atestando capacidade para realização deste ciclo de estudos pelo órgão científico estatutariamente competente do estabelecimento de ensino superior onde pretendem ser admitidos.

Horário

Informação a disponibilizar oportunamente.

Propinas

A informação relativa a propinas e respectivas normas de pagamento poderá ser obtida junto dos serviços do Instituto Lusíada de Pós-graduações

Documentação

  • Certificado de Habilitações (original ou fotocópia autenticada)
  • Curriculum Vitae
  • Bilhete de Identidade (fotocópia)
  • Fotografias (3)

Contactos

Morada:
Instituto Lusíada de Pós-Graduações
Universidade Lusíada de Lisboa
Rua da Junqueira, 188-198
1349-001 Lisboa

Telefones:
+351 213 611 604
+351 213 611 605
+351 213 611 606
+351 213 611 644

Fax:
+351 213 647 920

E-mail:
ilpg@lis.ulusiada.pt


 

Anos lectivos anteriores: